24 de jul de 2009

RADIESTESIA COMO INSTRUMENTO TERAPÊUTICO

A radiestesia é uma técnica de pesquisa e captação de energia.

No Universo tudo se movimenta em pequena ou larga escala, produzindo qualidades energéticas que se encontram na natureza, nos alimentos e nas coisas criadas pelo homem, bem como em seus pensamentos, sentimentos e ações.

Essas energias por sua vez interferem no homem e em seu meio. Quando se encontram em desequilíbrio interferem nocivamente, estabelecendo um ciclo vicioso negativo, porém, se estão equilibradas criam um ciclo positivo.

A captação e identificação dessas energias e suas qualidades poderiam ser feitas pelo próprio homem, que utiliza determinados instrumentos que revelam e qualificam aquilo que foi por ele captado. São esses os instrumentos radiestésicos: diversos tipos de pêndulos, forquilha, dual-rod, aura-meter, etc.

Por meio da radiestesia pode-se tomar consciência de tal processo: o que recebemos de nosso meio e/ou o que geramos e transmitimos a nós mesmos e ao meio.

Utiliza-se a radiestesia para detectar desequilíbrios de origens internas e externas que afetam pessoas, objetos, ambientes, etc. Por exemplo: um sentimento de raiva produz uma energia de qualidade vermelha-elétrico, causando desequilíbrios como irritação, tensão e nervosismo, gerando situações que estimulam a continuidade deste sentimento e suas conseqüências.

Nenhum comentário: