2 de abr de 2008

AURÍCULOTERAPIA

Auriculoterapia é uma técnica de estímulos variados em pontos específicos do pavilhão auricular, tendo como resultado a transmissão desse impulso ao órgão ou sistema correspondentes. A relação tripla: ponto auricular- cérebro- órgão, é que torna a Auriculoterapia utilizável como tratamento para as mais diversas enfermidades.

O estímulo periférico sobre a malha da corrente sanguínea e nervosa se transmite ao Tálamo e, desse, ao cerebelo, nascendo daí a ação do cérebro sobre todo o organismo, o qual, em mecanismos de “feedback”, se equilibra e age sobre o órgão ou sistema.
Quaisquer lesões, fraturas, alterações, etc, reflete-se em zonas correspondentes ao pavilhão auricular. Se observarmos uma orelha à zona correspondente a área de lesão após esta ter ocorrido, é possível notar manchas, erupções, dor ou algum outro tipo de anormalidade.
Assim por meio de estímulos com sementes, esferas ou agulhas correta destes pontos, prescreve-se um tratamento que irá acelerar a melhora do quadro.
A Auriculoterapia é um suporte, não é soberana; deve-se sempre ter um diagnóstico clínico, alternativo ou aurículo-diagnóstico para utilizá-la.
Há áreas consideradas pontos:
- SHEN-MEN= ação sedativa; fundamentalmente anti-álgico, qualquer que seja a origem da dor; produz endorfinas encefalinas e outros hormônios cerebrais; trata enfermidades inflamatórias e outras.
- RINS=estimula a filtragem do sangue pelos rins, liberando-o de toxinas; estimula as funções do sistema respiratório, aumentando o processo do metabolismo do oxigênio; controla hemorragias; inflamações; age sobre a energia diminuindo o cansaço; atua também sobre as dores articulares; e outros.
- SIMPÁTICO= acelera e regula as funções do Sistema Nervoso Vegetativo, gerando equilíbrio geral do organismo; estimula as funções da medula óssea, metabolismo do cálcio; age sobre a regeneração óssea; age sobre os tecidos musculares provocando ação antiinflamatória, relaxamento ou tonificação das fibras do sistema músculo-tendinoso; e outras.
Algumas atuações: ciático; dor de nervos intercostais; epistaxe (sangramento do nariz); febre; gastrite; otite; rinite; stress; tendinite e muitas outras.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.